É comum dizermos que o nosso dia está normal, bom ou ruim. Ao chegarmos à noite em casa perguntamos às nossas mulheres ou ouvirmos a pergunta carinhosa: como foi o seu dia?

Cara leitora ou leitor, eu gostaria de convidá-los a raciocinarmos iniciando o nosso dia. Para este exercício o dia começa quando nos damos conta que amanheceu ou colocamos o pé no chão. A nossa viagem acaba quando deitamos à noite para dormir.

Preparados para a viagem?

Durante a nossa viagem colocamos várias coisas, fatos, e pessoas na nossa bagagem. Se pudéssemos colocaríamos só coisas agradáveis. Mas sempre haverá alguém disposto a encher nossa bagagem com o indesejável. Cabe-nos aceitar ou rejeitar. Talvez por isso dizemos que os mais velhos têm mais bagagem.

Ao longo do dia dirigimos nossos carros, conhecemos pessoas, trabalhamos, beijamos os mais queridos e evitamos os entojados. Acertamos os pagamentos, paramos para o almoço.... Tudo isso e muito mais.

E tudo o fazemos para que o nosso dia seja o melhor de todos os dias. Tudo o que queremos é responder à noite que o nosso dia foi bom, ótimo ou maravilhoso. O nosso comportamento e as nossas opções ao longo do dia são fundamentais para uma resposta afirmativa. Tudo o que fizermos ou deixarmos de fazer influenciará diretamente na nossa resposta à noite.
Quando alguém nos cumprimenta desejando ‘bom dia’, entendo que o colega já sabe que o nosso dia não será dos mais fáceis e está desejando que façamos as escolhas certas. A sabedoria popular já diz que os dias não se repetem e cada dia é diferente do outro. É por isso que desejamos bom dia para a mesma pessoa todos os dias.
Se fizermos uma retrospectiva lembraremos que num certo dia decidimos mudar as nossas vidas. Religião, casamento, emprego e endereço são os exemplos mais comuns. Como esquecer o dia do nosso nascimento, da morte de uma pessoa querida? Como esquecer o dia em que conhecemos nosso grande amor, ou o dia da despedida?
Nós somos os grandes responsáveis pela resposta que daremos à noite. Somos nós quem decide o que deve entrar no nosso dia. Para isso existe o sim e o não.

O que você vai colocar no seu dia hoje? O que você levará hoje à noite para casa?

Por acompanhar essa reflexão, e por muito mais, eu te desejo BOM DIA!